PROGRAMAÇÃO FANTASPORTO 2006 / PEQUENO AUDITÓRIO

PROGRAMAÇÃO FANTASPORTO 2006
20 FEVEREIRO A 5 DE MARÇO

PEQUENO AUDITÓRIO

PROGRAMAÇÃO FANTASPORTO 2006
20 FEVEREIRO A 5 DE MARÇO

PEQUENO AUDITÓRIO

Segunda-feira, 20 de Fevereiro

15.15h –THE EIGHT DIAGRAM POLE FIGHTER (Hong Kong) de Liu Chia-liang (Retro Shaw) – v.o. leg. ingl.
Um poderoso filme de artes marciais, com coreografias excepcionais. “The Eight Diagram Pole Fighter” é um filme “puro e duro” mas lida, também, com valores importantes para a sociedade chinesa (e não só), como são a honra de uma família e a lealdade a um país. Um clássico.

17.15h – DER GOLEM (Ale/Ger) de Henrik Galeen, Paul Wegener (Retro Expressionismo Alemão) – mudo.
Realizado, produzido e protagonizado por Paul Wegener, “Der Golem” é uma obra prima do Expressionismo Alemão. Os habitantes da cidade constroem um homem de barro e pedra para os defender da tirania e opressão. Com a ajuda de magia ancestral, a criatura ganha vida e protege os judeus.

21.15h – MASTERS OF HORROR 1/2 (Première & Panorama) – v.o. ingl.
1. DANCE OF THE DEAD (EUA/USA) de Tobe Hooper.
O realizador Tobe Hooper adapta para a série “Masters of Horror” um conto do seu pai. Num mundo pós-apocaliptico, corpos re-animados dançam no palco do “The Doom Room”, para entretenimento daqueles que sobreviveram ao holocausto nuclear. Inteligente, assustador e politicamente relevante na altura em que foi escrito, “Dance of the Dead” tem no principal papel Robert Englund, o célebre Freddy Krueger dos “Nightmare on Elm Street”
2. HOMECOMING (EUA/USA) de Joe Dante.
Escândalo e terror quando se descobre que mortos vivos tomaram conta das eleições presidenciais. O horror dos zombies combinado com uma deliciosa sátira política contemporânea. Adaptação do conto várias vezes premiado de Dale Bailey, “Death & Suffrage”.

23.15h – OS NIBELUNGOS 1: A MORTE DE SIEGFRIED (Ale/Ger) de Fritz Lang (Retro Expressionismo Alemão) – v.o. leg. espanhol
A lenda dos Nibelungos foi a origem desta superprodução. Thea Von Harbou, esposa de Fritz Lang e autora do argumento de “Metropolis”, escreveu um guião que dividiu em dois: “A Morte de Siegfried” e “A Vingança de Cremilde”. Estreados em Berlim em Abril de 1924, foram mais tarde restaurados por F. W. Murnau, sendo essa a versão que vemos no Fantasporto 2006.

Terça-feira, 21 de Fevereiro

15.15h – M – MATOU (Ale/Ger) de Fritz Lang (Retro Expressionismo Alemão) – v.o. leg. espanhol
O filme estreou em Berlim a 31 de Maio de 1931. Um ano antes, a 24 de Maio de 1930, tinha sido detido o verdadeiro “Vampiro de Dusseldorf”, o criminoso que inspirou Fritz Lang e que seria guilhotinado a 31 de Julho de 1931. “M – Matou” é, para muitos, a primeira longa-metragem sobre um assassino em série. Para outros, foi um alerta para a ascenção do Regime Nazi.

17.15h – THE HOUSE OF 72 TENANTS (Hong Kong) de Chor Yuen (Retro Shaw) – v.o. leg. ingl.
Uma hilariante e sempre actual comédia de época. “The House of 72 Tenants” destronou, inclusivé, os filmes de Bruce Lee lançados em 1973.
72 actores cómicos, incluindo lendas como a adorável Lydia Shum ou Hu Chin, interpretam uma fascinante parte da sociedade de Hong Kong. A acção e a comédia não param, apesar dos problemas do dia-a-dia. De políticos pedófilos a polícias corruptos, passando por senhorios avarentos, os 72 inquilinos arranjam sempre maneira de terminar bem o dia!

21.15h – I MARRIED A STRANGE PERSON (EUA/USA) de Bill Plympton (Retro Plympton) – v.o. ingl.
Se há filme de Plympton que melhor traduz o seu humor desbragado, delirante e absolutamente surrealista, é precisamente “I Married A Strange Person”.. Desde o primeiro fotograma em que se vê um pato a esvoaçar que suspeitamos que algo de fora do comum vai acontecer. E a verdade é que acabamos de entrar no “Mondo Plympton”. Afinal, o pato estava a mirar a sua presa, uma pata sensual que quando se apercebe, está já atacada em pleno vôo por um maníaco sexual.

23.15h – OS NIBELUNGOS 2: A VINGANÇA DE CREMILDE (Ale/Ger) de Fritz Lang (Retro Expressionismo Alemão) – v.o. leg.espanhol
A lenda dos Nibelungos foi a origem desta superprodução. Thea Von Harbou, esposa de Fritz Lang, e autora do argumento de “Metropolis” escreveu um guião que dividiu em dois: “A Morte de Siegfried” e “A Vingança de Cremilde”. Estreados em Berlim em Abril de 1924 foram mais tarde restaurados por F. W. Murnau, sendo esta a versão que vemos no Fantasporto 2006.

Quarta-feira, 22 de Fevereiro

15.15h – THE TUNE (EUA/USA) de Bill Plympton (Retro Plympton) – v.o. ingl.
“The Tune” é mais um delírio visual e sonoro de Bill Plympton, que quis realizar um filme que marcasse pela inovação e originalidade os anos 90, tal como “O Submarino Amarelo” tinha feito nos anos 60, e que fosse um marco da animação de qualidade estética e narrativa, sem concessões aos subprodutos da banda desenhada que invadem o mercado. Esta fantasia musical é também a fábula de um criador (neste caso um atribulado compositor de canções) à procura de inspiração para concretizar a sua obra prima.

17.15h – A MULHER NA LUA (Ale/Ger) de Fritz Lang (Retro Expressionismo Alemão) – v.o. leg. espanhol
Fritz Lang volta a trabalhar com a sua mulher, Thea von Harbou. Um filme futurista que, na sua primeira parte, apresenta a possibilidade de efectuar uma viagem à lua para encontrar ouro, e na segunda parte efectua essa mesma viagem, com todas as surpresas que a ela vêm associadas.

21.15h – THE LOVE ETERNE (Hong Kong) de Li Han hsiang (Retro Shaw) – v.o. leg. ingl.
Prémios Melhor Filme, Realizador, Música, Montagem, Actriz Principal e Prémio Especial da 2ª edição do Festival Internacional de Cinema Golden Horse de Taipei, Taiwan. “The Love Eterne” é a adaptação de um conto tradicional chinês. A líndissima Betty Loh Ti é a protagonista da história. Uma jovem disfarça-se de homem para poder estudar, o que, na altura, proibido às mulheres.

23.30h – MUTANT ALIENS (EUA/USA) de Bill Plymtpon (Retro Plympton) – v.o. ingl.
Brilhante paródia aos clichés dos míticos filmes de ficção-científica dos anos 50, com o delirante e exagerado estilo “jockey-soft-core” de sexo e violência, típico do realizador. As desventuras de Earl Jensen, astronauta abandonado no espaço sideral pelo sinistro Dr. Frubar, um magnate da indústria espacial. 20 anos depois, a sua filha Josie trabalha no observatório astronómico. Um dia, detecta a nave perdida do seu pai que está em rota terrestre.

Quinta-feira, 23 de Fevereiro

15.15h – AURORA (Ale/Ger) de F.W.Murnau (Retro Expressionismo Alemão) – v.o. leg. espanhol
O filme ganhou três Óscares da Academia de Hollywood em 1928, Prémios Melhor Filme, Actriz e Fotografia. Entre a comédia e a tragédia, F. W. Murnau conta a história de um camponês, Ansass que se apaixona por uma mulher, sendo levado pela paixão, a trair a esposa Indre.

17.15h – METROPOLIS (Ale/Ger) de Fritz Lang (Retro Expressionismo Alemão) – v.o. leg. espanhol
Outra das obras primas do expressionismo alemão. Num futuro próximo, o mundo está dividido em dois: os pensadores, aqueles que fazem os planos e não sabem como nada funciona; e, os trabalhadores que atingem objectivos, mas não têm a visão dos pensadores. Sozinhos não são nada… juntos um todo! Quando um pensador tem a coragem de visitar o mundo dos trabalhadores, fica fascinado com o que encontra.

21.15h – THE KINGDOM AND THE BEAUTY (Hong Kong) de Li Han hsiang (Retro Shaw) – v.o. leg. ingl.
Melhor Filme da 6ª edição do Festival Internacional de Cinema da Ásia, foi um enorme sucesso de bilheteira. O realizador Li Han-hsiang, conhecido mestre na adaptação para cinema dos histórias da popular ópera Huangmei, supera-se a si próprio neste “The Kingdom and the Beauty”. Um imperador chinês apaixona-se por uma empregada da província.

23.15h – ONE ARMED SWORDSMAN (Hong Kong) de Chang Chen (Retro Shaw) – v.o. leg. ingl.
Um gangue ataca a escola de Kung Fu “Espada de Ouro Chi”. Um dos estudantes sacrifica-se para salvar o professor e a escola. Em memória do herói, o professor cria o seu filho, Fang Kang. Os colegas, incluindo a filha do mestre, não aceitam o jovem e, numa luta desigual, cortam-lhe um braço. Fang Kang está determinado a deixar de lado as artes marciais, mas a Escola Espada de Ouro vai voltar a precisar dele!
Sexta-feira, 24 de Fevereiro

15.00h – FAUSTO (Ale/Ger) de F.W. Murnau (Retro Expressionismo Alemão) – v.o. leg.espanhol
Deus e o Diabo estão em guerra pelas almas da Terra. Para equilibrar a disputa, decidem aliciar a alma de Fausto, um brilhante alquimista. Durante uma praga, Fausto desespera e queima todos os livros, depois de não conseguir parar a Morte. O Diabo envia à Terra Mephisto para aliciar Fausto, primeiro com o tratmento para a praga, depois com a promessa de juventude eterna. Fausto vende a alma ao Diabo, em troca dessa juventude.

17.15h – NOSFERATU (Ale/Ger) de F. W. Murnau (Retro Expressionismo Alemão) – v.o. leg. ingl.
Uma versão não autorizada da história de Drácula escrita por Bram Strocker. O nome foi alterado para não ferir susceptibilidades. O que começou por ser uma simples adaptação, acabou a ser um dos filmes referência de uma época. O vampiro Conde Orlock quer mudar de casa. Thomas Hutller quer ajudar, só que o conde tem uma fixação pela sua mulher, Ellen. E é esta mulher a única pessoa capaz de acabar com o mal.

19.15h – LOVE (Hun) de Karóly Makk (Retrospectiva Cinema Húngaro)
O consagrado Karoly Makk, mergulha também na década de 50, para realizar um melodrama irónico, metafórico e cheio de subentendidos, onde a pequena história individual se cruza com a grande História. O lugar é Budapeste, 1953. A velha senhora está doente no seu quarto recheado de peças e mobiliário de época que atestam a riqueza do passado.

21.30h – HOMENAGEM A ROBERT WISE – THE DAY THE EARTH STOOD STILL (EUA/USA) v.o. ingl.
O Fantasporto 2006 presta homenagem a Robert Wise, falecido a 14 de Setembro de 2005. “The Day the Earth Stood Still” (1951) é uma das obras primas da ficção científica. Um extraterrestre vem à Terra deixar um ultimato -ou a raça humana vive em paz ou é destruída por representar uma ameaça para os outros planetas.

23.15h – ZOMBIE KING (Can) de Stacey Case (Première & Panorama) – v.o. ingl.
Um verdadeiro série Z, mas diferente. Porque os zombies deste filme não são apenas mortos vivos à procura de alimento. Eles têm uma finalidade. “Zombie King” é um festim de bonitas mulheres tatuadas, homens mascarados e uma legião de mortos vivos sedentos de carne e poder!

01.15h – MASTERS OF HORROR 1/2 (Première & Panorama) – v.o. ingl.
1. DANCE OF THE DEAD (EUA/USA) de Tobe Hooper.
O realizador Tobe Hooper adapta para a série “Masters of Horror” um conto do seu pai. Num mundo pós-apocalíptico, corpos re-animados dançam no palco de “The Doom Room”, para entretenimento daqueles que sobreviveram ao holocausto nuclear. Inteligente, assustador e politicamente relevante, como foi na altura em que foi escrito, “Dance of the Dead” tem no principal papel Robert Englund, o célebre Freddy Krueger do “Nightmare on Elm Street”
2. HOMECOMING (EUA/USA) de Joe Dante.
Escândalo e terror quando se descobre que mortos-vivos tomaram conta das eleições presidenciais. O horror dos zombies combinado com uma deliciosa sátira política contemporânea. Adaptação do conto de horror, várias vezes premiado, de Dale Bailey, “Death & Suffrage”.

Sábado, 25 de Fevereiro

15.15h – MASTERS OF HORROR 3/4 (Première & Panorama) – v.o. ingl.
3. INCIDENT ON AND OFF A MOUTAIN ROAD (EUA/USA) de Don Coscarelli.
Baseado numa história de Joe Lansdale, este episódio de “Masters of Horror” coloca uma aparentemente frágil mulher, Ellen, contra o terrível “Moonface”, um deformado e demente assassino em série. À medida que vamos conhecendo os contornos da história, apercebemo-nos de que a jovem não é assim tão inocente como parece. Ellen foi treinada pelo marido para se defender de tudo, usando qualquer coisa como arma… E vai ter a oportunidade de usar todos os seus conhecimentos no combate contra o serial killer, demonstrando assim a força do sexo dito fraco.
4. JENNIFER (EUA/USA) de Dario Argento.
A chocante história de uma Lolita dos nossos dias em versão “profondo rosso”. Esta apetitosa jovem tem, contudo, poderes mortíferos. Todos os homens que se apaixonam por ela são, literalmente, destruídos. Depois de Frank, um oficial de polícia, lhe salvar a vida, adopta-a, apenas para descobrir depois que nem todas as boas acções têm recompensa.

17.15h – THE TUNE (EUA/USA) de Bill Plympton (Retro Plympton) – v.o. ingl.
“The Tune” é mais um delírio visual e sonoro de Bill Plympton que quis realizar um filme que marcasse pela inovação e originalidade os anos 90, tal como “O Submarino Amarelo” tinha feito nos anos 60. E que fosse um marco da animação de qualidade estética e narrativa, sem concessões aos subprodutos da banda desenhada que invadem o mercado. Esta fantasia musical é também a fábula de um criador (neste caso um atribulado compositor de canções) à procura de inspiração para concretizar a sua obra prima.

19.15h – TAIWAN BLACK MOVIES (Formosa/Taiwan) de Hou Chi-Jan – v.o. leg. ingl.
Um documentário sobre os filmes de culto de Taiwan numa altura de repressão e censura, o início dos anos 80. Os chamados “black movies” retratavam com fidelidade a sociedade da época: crime, sexo e violência. O teor chocante e mórbido das imagens falam pelos medos desta sociedade, num documentário excepcional sobre um cinema desconhecido entre nós.
Seguido de …
MASTERS OF HORROR 5 (Première & Panorama) – v.o. ingl.
DREAMS IN THE WITCH-HOUSE (EUA/USA) de Stuart Gordon.
Filme baseado numa história de horror do mítico H. P. Lovecraft, de que Stuart Gordon é grande admirador. Walter Gilman, um universitário a estudar a teoria da interdimensionalidade, aluga uns arrumos num prédio de New England. Assaltado por terríveis pesadelos que envolvem uma bruxa e, provavelmente, o Inferno em pessoa, Walter começa a perder a noção da realidade. O jovem acredita que a teoria que está a estudar, permite abrir um portal para um universo paralelo.

21.15h – CURTAS-METRAGENS BILL PLYMPTON 1/2 (Retro Plympton) – v.o. ingl.
SELF PORTRAIT
THE TURN ON
LUCAS, THE EAR OF THE CORN
BOOMTOWN
DRAWING LESSON #2
YOUR FACE
LOVE IN THE FAST LANE
ONE OF THOSE DAYS
HOW TO KISS
25 WAYS TO QUIT SMOKING
245 DAYS
NOODLE EAR
HUMAN RIGHTS
ENVIROMENTAL: ACID RAIN
TRIVIAL PURSUIT
SUGAR DELIGHT
SUGAR DELIGHT 2
PREVIOUS LIVES
PREVIOUS LIVES 2
PLYMTOONS
DRAW
FADED ROADS
HOW TO MAKE LOVE
NOSE HAIR
ONE OF THOSE DAYS
PUSH COMES TO SHOVE
SMELL THE ROSES

23.15h – JACQUELINE HYDE (EUA/USA) de Rolfe Kanefsky (Première & Panorama) – v.o. ingl.
Este filme é levemente inspirado na história de Robert Louis Stevenson, “Dr Jekill e Mr Hyde”. Aqui, não é o investigador que se debate com o seu lado mau. É, antes, uma rapariga tímida que, dentro dela, tem uma “bomba sexual”. Jackie, herdou a casa de um tio. Quando lá chega, descobre que ele era inventor e havia descoberto a fórmula que permite transformar o corpo à vontade.

01.15h – DESPERATELY SEEKING SEKA (Sue/Swe) de Christian Hallman, Magnus Paulsson (Love Connection) – v.o. leg. ingl.
Um documentário sobre Seka, uma das mais importantes estrelas do cinema pornográfico dos anos 70/80. Uma viagem pelo mundo da indústria cinematográfica para adultos, para encontrar uma das suas lendas, lado-a-lado com Linda Lovelace e John Holmes.

Domingo, 26 de Fevereiro

15.15h – MASTERS OF HORROR 6/7 (Première & Panorama) – v.o. ingl.
1. CHOCOLATE (EUA/USA) de Mick Garris.
Jamie, um homem recém-divorciado que cria sabores artificais para a indústria alimentar, começa inexplicavelmente a ter sensações de “dejá vu”, com experiências e memórias de alguém desconhecido, e de outros lugares. Sons, cheiros, toques e sabores. Apercebendo-se que está a viver a vida de uma mulher misteriosa, Jamie começa a apaixonar-se por ela, apesar de nunca a ter conhecido.
2. DEER WOMAN (EUA/USA) de John Landis.
Uma série de bizarros assassinatos levam um cínico detective, Dwight Faraday, a suspeitar que uma criatura mítica dos povos nativos norte-americanos, regressou dos mortos. Uma comédia de horror, com uma forte componente sexual.

17.15h – THE WITNESS (Hun) de Péter Bacsó (Retro Cinema Húngaro) – v.o. leg. ingl.
Uma sátira feroz e acutilante, que nos remete para a Hungria dos anos difíceis do período estalinista, desvelando os impiedosos mecanismos do culto da personalidade e dos “processos” aos inimigos do povo. A narrativa desmonta como se pega num honesto e ingénuo trabalhador, no fundo um pobre diabo, se procede à lavagem do seu cérebro não muito dotado. E, finalmente, se transforma numa testemunha fulcral de acusação, num dos julgamentos populares bem ao gosto do regime. Uma das mais interessantes e memoráveis sátiras do cinema húngaro sobre a sua história recente, onde a sorrir se lembram acontecimentos bem tristes

19.15h – TIME STANDS STILL (Hun) de Péter Gothár (Retro Cinema Húngaro) – v.o. leg. ingl.
Considerado “o filme” sobre a Revolução Húngara que, em 1956, desafiou o poder soviético e acreditou ser possível uma revolta popular, tomar o Poder e transformar o país numa democracia, o que ainda demoraria 30 anos a acontecer. Budapeste, no início dos anos 60 do séc. XX, é o palco para “Time Stands Still”. O protagonista, Dénes, é assaltado por vários problemas: a puberdade e os acontecimentos, no seio da sua família e na escola onde estuda, acontecimentos que ele não compreende.

21.15h – DEATH TUNNEL (EUA/USA) de Philip Adrian Booth (SO Cinema Fantástico) – v.o. ingl.
Baseado em factos reais, o filme conta a história das assombrações num sanatório do Kentucky, E.U.A., um hospital para doentes mentais construído em 1910 e onde mais de 60 mil pessoas morreram. Uma festa de iniciação para universitários leva cinco estudantes ao sanatório de Waverly Hills.
Antecedido pela curta-metragem…
SHADOW MAN (EUA/USA) de David Benullo (SO Cinema Fantástico – curtas metragens) – v.o. ingl.
Depois de se meter em problemas na escola por ousar falar no “Homem Sombra”, o jovem Kevin é forçado a ficar de castigo no final das aulas. À medida que a noite cai e as sombras aumentam, cresce em Kevin um medo aterrador. Quando, finalmente, a professora o deixa ir para casa, Kevin corre, como se fugisse de próprio Diabo!

23.15h – THE HAMSTER CAGE (Can) de Larry Kent (SO Semana dos Realizadores) – v.o. ingl.
David Cronenberg garante que Larry Kent é um dos cineastas responsáveis por ter enveredado pela carreira de realizador. “The Hamster Cage” é uma comédia negra sobre uma família muito, mas mesmo muito, disfuncional. De abusos sexuais a assassinatos, passando por incesto, há de tudo um pouco.

Segunda-feira, 27 de Fevereiro

15.15h – O CASAMENTO DE ROMEU E JULIETA (Bra) de Bruno Barreto (Première & Panorama) – v.o. port.
Uma curiosa versão da história clássica de William Shakespeare. A diferença está que os dois apaixonados não são separados por rivalidades de família mas por… equipas de futebol.

17.00h – CRASH TEST DUMMIES (Aus) de Jorg Kalt (Première & Panorama)
Uma história sobre coincidências felizes e acidentes controlados. O jovem realizador austríaco, Jorg Kalt, usa a imagem dos bonecos dos “crash-tests” para dizer que, na vida, todos somos “bonecos. Os romenos Ana e Nicolae viajam de Bucareste para Viena, com a ideia de conseguirem algum dinheiro fácil, transportando automóveis roubados para a Roménia…

19.15h – DIARY FOR MY FATHER AND MOTHER (Hun) de Márta Mészáros (Retro Cinema Húngaro) – v.o. leg. ingl.
Fim de ano. Durante uma festa-baile de máscaras para comemorar o novo ano, os convivas bebem demasiado e provocam desacatos violentos. Rapidamente a polícia chega ao local e insiste am verificar os documentos de identidade dos participantes e em revistar todos os presentes. O universo fantasmagórico e de fábula do filme é a imagem grotesca da passagem de ano na Hungria de 1957. Apenas 50 dias depois da ocupação soviética.

21.30h – F.A.Q. (Esp/Spain) de Carlos Atanes (SO Cinema Fantástico) – v.o. leg. ingl.
Ficção científica espanhola, a fazer lembrar uma das obras primas de George Lucas, “THX 1138”. Paris, França. Um próximo e provável futuro. A antes chamada Cidade do Amor está rodeada pelo deserto e a natureza está a mudar seriamente. A Irmandade do Metacontrol, totalmente controlada por mulheres, governa a Europa. Todo o contacto físico entre seres humanos é proibido por questões de higiene.
Antecedido pela curta-metragem:
UROBORO (Por) de Luís Gomes (SO Cinema Fantástico – curtas metragens) – v.o. leg. ingl.
No ano 2070, os prisioneiros são estrelas de um reality-show e lutam pelas suas vidas, jogando xadrez. Este programa é emitido numa cadeia de televisão mundial. A família dos presos assiste, em grande sofrimento, a um desses jogos. Quando um deles morre em directo para todos os lares do mundo, descobrimos que o programa não parou por ali.

23.30h – I.K.U. (Jap) de Shu Lea Cheang (Love Connection) – v.o. leg. ingl.
“Iku” significa orgasmo em japonês. Original, provocante, polémico e esteticamente inovador, deste filme disse a realizadora: “quis misturar “animé”, o grafismo manga, o universo dos videojogos, a música techno, a estética trash, a cultura underground e o sexo futurista”. O resultado é um cocktail, definido como um “hard core cyberporn” de ficção científica.

01.15h – DR MABUSE, O JOGADOR (Ale/Ger) de Fritz Lang (Retro Expressionismo Alemão) – v.o. leg. espanhol
Fritz Lang confessou várias vezes o seu fascínio pela personagem do Dr. Mabuse. Viria a fazer mais dois filmes dedicados a este mestre do crime. O Dr. Mabuse e a sua organização planeiam tomar conta de Berlim. O último crime de Mabuse, que lhe vai permitir ganhar muito dinheiro, é o assassinato do magnata milionário Edgar Hull. O comissário do polícia von Wenk precisa arranjar um aliado para conseguir capturar a mente brilhante do Dr. Mabuse.

Terça-feira, 28 de Fevereiro

15.15h – CURTAS HÚNGARAS (Retro Cinema Húngaro/Porto em Curtas) – v.o. leg. ingl.
1. AFTER RAIN (ESO UTÁN) de Péter Mészáros
2. BEFORE DAWN (BEFORE DAWN) de Balint kenyeres
3. DAY AFTER DAY (AFTA) de Kornél Mundruczó
4. LITTLE APOCRYPHA N. 2 de Kornél Mundruczó
5. POST SOLDIER de Tamás Buvár
6. WHO’S THE CAT? de Peter Mészarós

17.15h – I MARRIED A STRANGE PERSON (EUA/USA) de Bill Plympton (Retro Plympton) – v.o. ingl.
Se há filme de Plympton que melhor traduz o seu humor desbragado, delirante e absolutamente surrealista, é precisamente “I Married A Strange Person”. Desde o primeiro fotograma em que se vê um pato a esvoaçar, suspeitamos que algo de fora do comum vai acontecer. E a verdade é que acabamos de entrar no “Mondo Plympton”. Afinal o pato estava a mirar a sua presa, uma pata sensual que quando se apercebe está a ser atacada em pleno vôo por um maníaco sexual.

19.15h – LOVE HOTEL (Jap) de Shinji Sômai (Love Connection) – v.o. leg. ingl.
O herói deste filme sofre um forte revés quando a sua empresa vai à falência e a sua mulher o deixa. Decide passar a noite num hotel com uma prostituta e, no final, matar-se a si e a ela. Depois de uma noite de sexo impiedoso, arrepende-se. Despede-se da prostituta e deixa o hotel. Uns anos mais tarde, volta a encontrar-se com a rapariga e ela implora-lhe que ele acabe o que começou naquele quarto de hotel e não teve a coragem de terminar.

21.15h – CRUEL WORLD (EUA/USA) de Kelsey T. Howard (Première & Panorama) – v.o. ingl.
Os actores Edward Furlong e Jaime Presley são os protagonistas de “Cruel World”. Depois de ter sido humilhado em directo no “reality show”, um cruzamento do “Big Brother” e do “Dismissed”, Philip Markham decide vingar-se. Compra a casa onde decorreu o concurso e inventa um novo programa.

23.15h – THE UNBURIED MAN (Hun) de Márta Mészáros (Retro Cinema Húngaro) – v.o. leg. ingl.
Se há homens que marcam o seu tempo de forma indelével, Imre Nagy é seguramente um deles. Figura incontornável da história contemporânea da Hungria e da Europa nas décadas de 50 e 60. Foi um dos mártires da falhada experiência democrática da revolução de Outubro de 56. Durante curtos meses, este destacado membro do Partido Comunista foi o rosto e o símbolo da democracia húngara.

Quarta-feira, 1 de Março

15.15h – HELLEVATOR (Jap) de Hiroki Yamaguchi (Première & Panorama) – v.o. leg. ingl.
Visualmente poderoso e com personagens soberbamente construídas, o filme de horror japonês “Hellevator” explora, ao máximo, o conceito de claustrofobia iniciado com “Cubo” de Vinzenzo Natali. No espaço de um elevador cabem assassinos em série, contabilistas introvertidos e raparigas colegiais inocentes, entre outros.

17.15h – CURTAS DA CASA DA ANIMAÇÃO (Porto em Curtas) – v.o. port.
1. OS PODERES DO SR PRESIDENTE (Por) de Abi Feijó.
Um ponto de partida para uma discussão sobre os homens que têm ocupado o mais alto cargo da vida nacional, nos últimos 30 anos de República Portuguesa.
2. VASCULARIDADES (Por) de Paulo D’Alva.
Vascularidades realça as marcas do apagar e o redesenhar do movimento no mesmo suporte. Como seria bom ser “menos humano”, menos passível de erros, falhas e dúvidas.
3. SEM RESPIRAR (Por) de Pedro Brito.
Futuro próximo: Bruno tenta reconquistar Isabel, a sua ex-mulher.
4. CICATRIZ (Por) de Tânia Duarte.
Um sonho entre o real e imaginário, em que os objectos trocam relações e segredos
5. SELO OU NÃO SÊ-LO (Por) de Isabel Alboim Inglês.
Ana é a parte de todos nós que de vez em quando acorda sem saber quem é.
6. EU DESCOBRI PORTUGAL (Por) de Armando Coelho.
Este filme é um protesto contra o actual estado da nação.
7. A COR NEGRA (Por) de Silvino Fernandes.
Por instinto, cobre a chama instável à sua frente. O fogo consome aos poucos as lágrimas e a febre
8. MENU (Por) de Joana Toste
Um retrato dos horríveis, terríveis, tenebrosos e insuportáveis pequenos dramas do dia-a-dia.
9. COSMIX (Por) de Agostinho Marques.
Cosme, um astronauta bonacheirão com uma vida amorosa turbulenta, vê-se um dia perdido num distante sector espacial,
10. COM UMA SOMBRA NA ALMA (Por) de Fernando Galrito e João Ramos.
Ela passa, ele segue-a. O que faz ali aquela hora…? Ele perde-a… as memórias de outras saídas, de outros encontros vêm-lhe à memória. Reencontra-a.
11. HISTÓRIA TRÁGICA COM FINAL FELIZ (Por) de Regina Pessoa.
Era uma vez uma menina cujo coração batia mais rápido que o das outras pessoas. Isso provocava-lhe uma grande angústia, à qual não sabia como escapar…

E ainda…
LINHAS PARALELAS (Por) de Colectivo Osu (Panorama Cinema Português) – v.o. port.
A ficção documental de um homem no regresso às origens. A viagem de comboio desde o Porto conduz o sr José Imaginário à descoberta das suas referências até Vila Viçosa.

19.15h – THE CABINET OF DR. CALIGARI (EUA/USA) de David Lee Fisher (Première & Panorama) – v.o. ingl.
Quase um século passado, o realizador apresenta uma nova leitura do clássico do cinema expressionista alemão realizado por Robert Wiene. Um trabalho de recriação digital notável num filme que faz despertar os sentidos.

21.30h – GAMERZ (GB/UK) de Robbie Frazer (SO Première & Panorama) – v.o. ingl.
Um envolvente triângulo amoroso, com uma reviravolta fantástica. “Gamerz” é uma comédia escocesa. O herói desta história, Ralph, um jovem aparvalhado de uma zona complicada da Escócia vai para a Universidade. Para escapar à realidade cria um jogo, ao estilo “Dungeons and Dragons”, onde ele é o ancião que tudo sabe e comanda.
Antecedido da curta-metragem:
THE SILVERGLEAM WHISTLE (EUA/USA) de Mike Williamson (SO Première & Panorama – curtas metragens) – v.o. ingl.
Há 40 anos, o comboio expresso de Silvergleam foi atingido por um relâmpago, electrocutando toda a gente. A lenda conta que o expresso de Silvergleam e o seu maquinista continuam a assombrar toda a linha de comboio, tentando angariar mais passageiros para a viagem final.

24.00h – CURTAS-METRAGENS BILL PLYMPTON 3/4 (Retro Plympton) – v.o. ingl.
GUARD DOG
DIG MY DO
LOVESICK HOTEL
DANCING ALL DAY
ISN’T GOOD AGAIN
NO NOSE BLUES
FLOOBY NOOBY
TANGO SCHMANGO
PARKING
EAT
CAN’T DRAG RACING WITH JESUS
THE WISEMAN
EXCITING TREE
SURPRISE CINEMA
SEX AND VIOLENCE
MORE SEX AND VIOLENCE

Quinta-feira, 2 de Março

15.15h – CURTAS METRAGENS BELGAS 1 (Porto em Curtas) – v.o. leg. ingl.
1. LA DOUBLE INSOMNIE (Bel) de Roland Lethem
2. LILI AU LIT (Por) de Roland Lethem
3. LA BALLADE DES AMANTS MAUDITS (Bel) de Roland Lethem
4. LES SOUFFRANCES D’UN CEUF MEURTRI (Bel) de Roland Lethem
5. LA FÉE SANGUINAIRE (Bel) de Roland Lethem
6. LE SEXE ENRAGÉ (Bel) de Roland Lethem
7. LE VAMPIRE DE LA CINÉMATHÈQUE (Bel) de Roland Lethem

17.15h – CURTAS METRAGENS BELGAS 2 (Porto em Curtas) – v.o. leg. ingl.
1. LE VICE ET LA VERTU (Bel) de Roland Lethem
2. COMME LE TEMPS PAXE VITE (Bel) de Roland Lethem
3. SUPER-HUÎTRE (Bel) de Roland Lethem
4. HOSTEL PARTY (Bel) de Roland Lethem
5. GOURMANDISES (Bel) de Roland Lethem
6. MAMAMAN (Bel) de Iao Lethem
7. CLICHÉ (Bel) de Gaetan DeDeken
8. UN PASSÉ PAS SI SIMPLE (Bel) de Gaetan DeDeken
9. L’ÉTRANGE PORTRAIT DE LA DAME EN JAUNE (Bel) de Hélène Cattet e Bruno Forzani

19.15h – BLACK AND WHITE FESTIVAL (Porto em Curtas) – v.o. leg. ingl.
1. 7.35 DE LA MAÑANA (Esp/Spain) de Nacho Vigalondo
2. ICH KANN ES MIR SEHR GUT VORSTELLEN (Aus) de Daniel Suljic
3. REGARD DE PIERRE-(Fra) Pierre Yves Craud
4. PREZO DA DOTE (Esp/Spain) de Chuz Dominguez
5. PRETO E BRANCO (Por) de João Rodrigues
6. NIGHT IN A HOTEL (Eslováquia/Slovakia) de Matus Libovic
7. VENT (Hol/Neth) de Erik van Schaaik
8. MEU NOME É PAULO LEMINSKI (Bra) de César Migliorin
9. KOLA (Bielorússia/Byelorussian) de Victor Asliuk
10. GENERATION-(N. Zel)de David Downes

21.15h – LIE STILL (GB/UK) de Sean Hogan (SO Cinema Fantástico) – v.o. ingl.
Parecia aquele tipo de casa onde ninguém fazia perguntas. A partir da altura em que se mudou para lá, as coisas mudaram! A mulher da porta ao lado disse-lhe para ele se ir embora, abandonar a casa, mas já. Com Stuart Laing, (“Nine Songs” de Michael Winterbottom) e Nina Sosanaya (“Love Actually”, “Manderlay”).

23.15h – THE LAST HORROR MOVIE (GB/UK) de Julian Richards (Première & Panorama) – v.o. leg. port.
Excelente terceiro filme de Julian Richards, realizador conhecido, e premiado no Fantas pelo seu “Darklands”. Max Perry, um “serial killer” usa um clube de vídeo para os seus malvados fins. E usa-nos, a nós, os espectadores, para seus cúmplices. Imperdível. Muito inquietante e muito inteligente.

Sexta-feira, 3 de Março

15.15h – CURTAS METRAGENS PORTUGUESAS 1 (Panorama do Cinema Português) – v.o. port.
HÉLIO SUPERSTAR- Paula Marques e Avelino Castro (Port)
UMA QUESTÃO DE SANGUE – Universidade Católica do Porto, Escola das Artes (Port)
QUANDO EU MORRER – Luís Vieira Campos-(Port)
EXPOSIÇÃO – Joana Barbosa (Port)
PURITAS – Path to Dignity (Port)
RUPOFOBIA – Telmo de Campos (Port)
LIXO- Filipe Gajo (Port)
AGUR- João Meneses- (Port)
O DIA EM QUE ELA ACORDOU – Luís Loureiro (Port)
COMO GANHAR UM CASTING SE VOCÊ É UMA MULHER – Luís Loureiro (Port)
BONECAS DE PORCELANA- Luís Loureiro (Port)
BOOM – Veit Helmer (Port)

17.15h – CURTAS METRAGENS PORTUGUESAS 2 (Panorama do Cinema Português) – v.o. port.
O ALMOÇO- Gideon Nel (Port)
SALITRE- Leonor Noivo (Port)
A RAPARIGA DA MÃO MORTA- Alberto Seixas Santos (Port)
A SERPENTE- Sandro Aguilar (Port)
LOGRO- Rita Figueiredo (Port)
UM HOMEM- Laurent Simões (Port)
CTRL ALT FLY- Victor Santos (Port) 2

19.15h – JOHN HOWE: THERE AND BACK AGAIN (Sue, Sui/Swe, Swi) de Anders Banke, François Boetschi – v.o. leg. ingl.
Este é um documentário sobre a vida do homem que desenhou todos os seres imaginados por Tolkien. John Howe é, nos dias que correm, um dos mais importantes ilustradores do mundo. Ligado desde sempre à trilogia de Tolkien,“O Senhor dos Anéis”, está agora igualmente ligado ao realizador neo-zelandês Peter Jackson que adaptou os livros para o cinema. O filme contém declarações de várias personalidades, entre as quais o próprio Peter Jackson.
Seguido de…
GINGER SNAPS: MAKING OF (GB/UK) de Howard Martin (Premiére & Panorama) – v.o. ingl.
O “making of “ da trilogia que o Fantasporto 2006 exibe nas sessões seguintes e que a LNK edita em Portugal.

21.15h – GINGER SNAPS 1 (Can, EUA/Can, USA) de John Fawcett (Premiére & Panorama) – v.o. leg. port.
Será que tornar-se mulher tem alguma semelhança, a nível psicológico, com a transformação num lobo? “Ginger Snaps” subverte a tradição. Ginger tem 16 anos. É uma jovem rebelde. Como a sua irmã mais nova, adora fotografar. Na noite em que Ginger tem a sua primeira menstruação, uma noite de lua cheia, um lobo morde Ginger.

23.15h – GINGER SNAPS 2: UNLEASHED (Can) de Brett Sullivan (Premiére & Panorama) – v.o. leg. port.
A saga continua. Em “Ginger Snaps: Unleashed”, Brigitte, a irmã mais nova de Ginger, também já é um lobo mas já lhe arranjaram um antídoto. Um dia, ela injecta-se e desmaia.

01.15h – GINGER SNAPS BACK: THE BEGINNING 3 (Can) de Grant Harvey (Premiére & Panorama) – v.o. leg. port.
A história regressa ao início em “Ginger Snaps Back: The Beginning” (2004). Com esta prequela, vamos perceber de onde vem a maldição que afecta as irmãs. No séc. XIX, Ginger e a irmã sobrevivem a um naufrágio, onde morrem os pais. Procuram refúgio num Forte Militar que, dias mais tarde, é cercado por lobos selvagens. Um índio enigmático tenta salvar as miúdas. Mas uma delas foi mordida.

Sábado, 4 de Março

15.15h – CURTAS METRAGENS PORTUGUESAS 3 (Panorama do Cinema Português) – v.o. port.
VEZ- Martin Dale
DA PELE À PEDRA – Pedro Sena Nunes
UM OLHAR SOBRE ESMORIZ – Diogo Vaz
META – Tiago Pereira e Musgo

17.15h – BATTLE OF PLANETS (Jap, EUA/Jap, USA) de David E. Hanson (Première & Panorama) – v.o. ingl.
Uma das séries de culto de animação, “Battle of Planets” (1978), serviu de base para o filme homónimo. Cinco orfãos, Mark, Jason, Princesa, Keyop e Tiny, tornam-se heróis da Galáxia. Com implantes cerebrais e ajudados pelo guardião robot 7-Zark-7, os miúdos formam a G-Force.

19.15h – CURTAS METRAGENS PORTUGUESAS 4 (Panorama do Cinema Português) – v.o. port.
ESTRATÉGIAS PARA UMA VIDA – Miguel Gorjão Clara.
NUMERUS- Anabela Costa (Port)
OS CAMINHEIROS-Luís Campos Brás (Port)
A PISCINA-Ana e João Viana (Port)
SHINE ON – Director’s Cut – Rui Brito
BERÇO DE PEDRA- Nuno Rocha (Port)

21.15h – THE TOYBOX (GB/UK) de Paolo Seddazari (Première & Panorama) – v.o ingl.
Melhor filme estrangeiro do Festival Internacional de Cinema de São Fernando Valley. Tudo começa de uma forma aparentemente inocente. Duas crianças no interior rural da Grã-Bretanha deixam voar a imaginação, inspiradas por um livro sobre mitos e lendas locais.

23.15h – CURTAS METRAGENS BELGAS 3 (Porto em Curtas- Retro Manu Gomez) – v.o. leg. port.
1. TEMPOLIS (Bel) de Manu Gomez
2. 9 MOIS PLUS TARD (Bel) de Manu Gomez
3. LE VIEUX CHAPERON NOIR (Bel) de Manu Gomez
4. LES TROIS PETITS POPOTINS (Bel) de Manu Gomez
5. SANS TITRE (Bel) de Manu Gomez
6. PHALLOCTÈRE (Bel) de Manu Gomez
7. IRA (Bel) de Manu Gomez
8. UBU (Bel) de Manu Gomez
9. SUPERBIA (Bel) de Manu Gomez
10. V.I.I. (Bel) de Manu Gomez
11. L´ENCADRÉ (Bel) de Manu Gomez
12. INVIDIA de Manu Gomez
13. KINEARMOR (Bel) de Manu Gomez
14. LA GOURMANDISE (Bel) de Manu Gomez
15. VOYEUR (Bel) de Manu Gomez

01.15h – 24/7: THE PASSION OF LIFE (Ale/Ger) de Roland Reber (Love Connection) – v.o. leg. ingl.
Um estudo lírico da obsessão e solidão, sobre desejos secretos e moral pública: 24 horas por dia, 7 dias por semana. Um filme sobre os nossos medos, o medo de nós próprios. Uma provocante e poética viagem pelo sexo.

Domingo, 5 de Março

15.15h – PREMIADOS FANTASPORTO 2006
17.15h – PREMIADOS FANTASPORTO 2006
21.15h – PREMIADOS FANTASPORTO 2006
23.15h – PREMIADOS FANTASPORTO 2006

Spread the love

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *